• www.clicfolio.com/projeto
  • BELO HORIZONTE - MG
  • Avaliação
  • Fale comigo

Leste, conhecido artisticamente como (Márcio silva), Gestor Cultural, Produtor artístico,
Educador Social DJ, Iluminador Cênico, Professor de dança, Coreógrafo e dançarino, Brasileiro
nascido 09 de Julho de 1978, na cidade de Belo Horizonte - MG. Atualmente vive na região
Leste de BH cidade de origem, solteiro sem filhos. Filho de Jose Vicente da Silva (Lanterneiro) e
de Maria Nicolina Candida da Silva.
Márcio Silva iniciou sua carreira aos 11 anos de idade dançando no grupo de dança de rua Lion
dance, no qual permaneceu com componente do grupo por 7 anos participando de vários
concursos e realizando varias apresentações pelo mesmo dentre uma de suas apresentações
mais importante junto ao grupo ele destaca o evento BH CANTA E DANÇA, que era realizado
na Praça da Estação.
Em 1998 fez um curso de 2 ano em duas área da dança de salão aprendendo forró e nos níveis
Iniciantes, Intermediários e Avançados com o professor de dança de salão Ronaldo Dias, por
dois anos. Com o passar do tempo desenvolveu seu próprio estilo criou um método exclusivo
de ensino. Há 11 anos se dedica a lecionar aulas em uma das áreas de dança de salão (Forró).
Já participou de vários festivais de forró, realizou apresentação na FEIRA CULRURAL MEMORIA
GRÁFICA, participou do 1° e 2° festival de dança da Academia REVELAÇÃO DE MINAS, em 2005
e 2006. Participou do Festival Dance de Brasília em 2008, deu entrevista no programa
caleidoscópio. Cursou dança contemporânea no programa ARENA DA CULTURA, Fez uma
residência artística de seis meses na companhia de dança contemporânea de BH (Cia será
quê?), fez um curso de West Coast Swing com os campeões internacionais do ESA BEM
MORRIS e MELISSA RUTZ, nomes de grande importância no cenário de West Coast Swing,
Também fez aulas com o professor brasileiro DIEGO BORGES professor da dança dos famosos
de 2011 e campeão de dança nos EUA. Em 2013 fez aulas de Kizomba com o professor
angolano Victorino Betatela no periudo de um ano. Em 2014 Fez curso intencivo de Kizomba
com a professora Italiana Manu Afrojoy idealizadora e organizadora do festival Exalta Afro em
Salvador. uição Neste mesmo ano de 2014 Márcio Silva foi convidado a fazer parte da
Instituição Nacional CUFA – Central Única das Favelas como um dos coordenadores de área
sendo responsavel na região Leste de BH pelo bairro: Granja de Freitas onde o mesmo e
morador e lider comunitario. Envolvido em ações comunitárias no bairro Granja de Freitas e no
bairro Alto Vera Cruz, se assumiu como líder comunitário, em 2001 quando criou Juntamente
com seu irmão Marco Jefferson e seu amigo Warley de Carvalho (Garça) Fundadores do
projeto de forró PROJETO BART COXA, tendo ele como professor essa atuação começou em
parceria com o CEVAE (Centro de Vivencia Agro ecológica) órgão da prefeitura, que contribuiu
disponibilizando o seu espaço físico, para o seu primeiro trabalho voluntario, que possibilitou o
atendimento de 200 jovens e adolescentes ate o período de 2002, em 2002 antes de terminar
a parceria com o CEVAE. Márcio Silva foi convidado pelo GRUPO CULTURAL NUC (Negros da
Unidade Consciente) para fazer parte da diretoria da entidade como conselheiro fiscal, e
também como coordenador e professor de dança. Inserindo o projeto na comunidade Alto
Vera Cruz, no espaço do GRUPO CULTURAL NUC, que disponibiliza o seu espaço físico com um
suporte de melhor qualidade e infra-instrutora, em agosto de 2004 junto ao GRUPO CULTURAL
NUC, Marcio Silva consegue firmar uma parceria com Secretaria do estado de Defesa Social
(Programa FICA VIVO), que entrou com o recurso financeiro, o projeto foi desenvolvido no
período de agosto de 2002 a Junho de 2010, no Alto Vera Cruz. E também desenvolveu dois
projetos, no CENTRO CULTURAL SÂO GERALDO de março de 2011 a junho de 2012 um em
parceria com o estudante de dança de salão FRANCISMAR DE CASTRO dando aulas de dança
de salão, samba, forró, soltinho e bolero sendo que a aula era aberta ao publico, esse mesmo
projeto atendeu durante esse período 70 pessoas entre homens e mulheres do início ao fim. E
o outro projeto no qual Márcio Silva desenvolve sozinho dando o nome de projeto paralelo de
caráter fechado para trabalho de pesquisa em dança, dando aulas de forró, kizomba e West
Coast Swing neste outro projeto Márcio Silva trabalhou com 15 casais! O projeto Bart Coxa e
projeto sócio-cultural, criado com a finalidade de trabalhar com jovens e adolescentes de 14 a
24 anos de idade das comunidades carentes, o projeto já atendeu mais de 2000 jovens e
adolescentes desde que foi criado 2001.

Currículo


38 anos

Ensino Médio Completo

Em 2001 a partir da articulação dos irmãos Márcio Silva que na época já era professor de dança e Marcos Jefferson juntamente com o amigo, Warley de Carvalho, resolveram se envolver em ações comunitárias no Granja de Freitas 3 e no Alto Vera Cruz participado de ações, culturais, sociais, oficina e reuniões de associações locais, participando dessas intervenções tiveram a idéia de criar um projeto de dança (forró) paixão que os mesmo tem em comum, começaram a se articular para criar uma oficina de caráter socio-cultural totalmente gratuita para os moradores da região, o objetivo primário era oferecer uma oficina de dança (forró) para os jovens e adolescentes das comunidades da região Leste de Belo Horizonte onde os mesmo vivem, o projeto foi criado, com o objetivo de dar acesso a arte e cultura por meio da dançar o forró pé de serra e universitário. No intuito de selecionar alguns dos mesmos jovens e adolescentes para criar um grupo de dança e tornar os mesmos agentes multiplicadores e formadores de opinião. O nome Projeto Bart Coxa surgiu da idéia de criar uma logo que pudesse transmitir visualmente a idéia e ao mesmo tempo chamar a atenção do público foco do projeto, então tiveram a idéia de resgatar e reformular uma logo antiga de um projeto que Márcio Silva fez parte. Essa logo nada mais era do que a imagem do Bart Simpsons dançando forró com sua imã Lisa. Daí veio o nome Bart Coxa como as pessoas mais velhas costumavam dizer que quando estavam indo para o forró, eles estavam indo ali (Bate Coxa)usamos essa referencia para o nome do projeto. O primeiro passo foi encontrar um espaço físico, no qual pudesse mos dar a, oficina por sorte em nosso bairro encontramos um que era o único na época CEVAE (Centro de Vivencia Agro ecológica) órgão da prefeitura de Belo Horizonte situado na Rua: São Vicente nº: 185, no bairro Granja de Freitas 3 comunidade carente da região leste de BH, como não tínhamos tanta experiência sem muitas formalidades sem ao menos elaborarmos um pequeno projeto ate mesmo por não tínhamos conhecimentos teóricos para elaboração do mesmo para apresentar a direção do CEVAE fomos ate lá para conhecermos o espaço vimos que comportava e nutriria as nossas necessidades para o nosso objetivo pretendido então solicitamos uma reunião como coordenador do espaço da que la época que aceito nos receber, explicamos para ele da forma mais clara o que queríamos atingir, ele nos disponibilizou o mesmo espaço físico, para o nosso primeiro trabalho voluntaria. Márcio Silva atuava como coordenador e professor seu irmão Marcos Jefferson e Warley de Carvalho atuavam como monitores a oficina acontecia aos sábados e aos domingos dias em que os jovens e adolescentes não tinham escola, a oficina teve duração de um ano em parceria com o CEVAE Atendendo cerca de 200 jovens e adolescentes dentro da oficina realizando ate apresentações com os mesmo jovens e adolescentes ate 2002, em 2002 Márcio Silva foi convidado pelo GRUPO CULTURAL NUC (Negros da Unidade Consciente) no qual fez parte da diretoria como conselheiro fiscal. Para dar continuidade no projeto na comunidade Alto Vera Cruz, no espaço do GRUPO CULTURAL NUC, que disponibiliza o seu espaço físico com um suporte da melhor qualidade em infra-instrutora, e também em parceria com a Secretaria do estado de Defesa Social (Programa FICA VIVO), que entrou com o recurso financeiro para compra de materiais no bairro Alto Vera Cruz o projeto foi desenvolvido de agosto de 2002 a 2010. O projeto Bart Coxa e um grupo sócio-cultural, criado com a finalidade de trabalhar com jovens e adolescentes e adultos de 14 a 24 anos de idade das comunidades carentes, o projeto já atendeu mais de 2000 jovens e adolescentes desde que foi criado. Uma das prioridades do projeto, é tentar ajudar culturalmente e socialmente as pessoas da região leste de BH onde Márcio Silva vive , e a outra é trazer o lazer, ensinar a dança levando musicalidade e saúde para as pessoas de todos os níveis sociais. Tendo atitude inspirada pela arte, projeto Bart Coxa começou a se destacar pela qualidade de seu trabalho a Dança, com inspirações na cultura brasileira e no cotidiano do morro, e também pela forte atuação social dentro das comunidades. O projeto vem se ampliando aos poucos, com a realização de ações voltadas para a capacitação e aprimoramento dos grupos culturais, jovens e adolescentes dessas comunidades, com a meta de promover o desenvolvimento cultural e artístico das periferias, especialmente do bairro Granja de Freitas região leste de BH, o grupo investe em formação intelectual e profissional e firmaram importantes parcerias que, desde 2001, viabilizam a realização de oficinas artísticas e capacitação de novos agentes culturais, além de shows e eventos que agitam a vida cultural das comunidades, valorizando os grupos locais e trazendo novas referências.

Com as habilidades que possuo, tenho como objetivo suprir as necessidades destas conceituadas instituições, Ongs e empresa em relação à vaga oferecida, sendo uma pessoa de fácil adaptação e aprendizagem. Conquistando uma colocação profissional, vivenciando novas experiências, desafios, impulsionando a minha carreira. Estou certo de que poderei realizar quais querem tarefas que forem me atribuídas com qualidade, zelo e responsabilidade, contribuindo positivamente para o desenvolvimento da mesma.

FORMAÇÃO/CURSOS:
1. Programa de Desenvolvimento Gestor de Culturais.
2. Planejamento Estratégico de Marketing Cultural e Social.
3. Gestão de Projetos 01 Como trabalhar com projetos.
4. Gestão de Projetos 02 Como Iniciar o Trabalho com Projetos.
5. Produção e gestão de eventos.
6. Elaboração e Gestão de projetos.
7. Gestão de Projetos como trabalhar com projetos.
8. Cerimonial e Protocolo para Eventos.
9. Animação Recreativa e Cultural.
10. Empreendedorismo.
11. Administração em Recursos Humanos.
12. Chefia e Liderança.
13. Políticas Públicas e Assistência Social.
14. Estatuto da Criança e do Adolescente ECA.
15. Bullyng.
16. Estatuto da Juventude e Políticas Públicas.
17. Adolescente e o Ato Infracional.
18. Prevenção a Pedofilia e Pornografia Infanto – jovenil na Internt.
19. Monitoramento de Mídias Sociais.
20. SUAS Sistema Único de Assistência Social nos CRAS e CREAS.
21. Exercícios de Força e Musculação.
22. Atribuições do Conselheiro Tutelar

Atualmente o projeto se encontra em desenvolvendo atividades atendendo cerca de 70 pessoas entre jovens, adolescentes e adultos. Projeto e realizado tendo Márcio Silva como Gestor e professore voluntário dão aula de forró pé de serra e universitário, um ou duas vezes na semana dependendo da demanda (podendo ser alterado de acordo com a disponibilidade do local e espaço físico cedido) que tenha a infra-estrutura adequada para desenvolver o projeto. O projeto nunca teve e nunca terá fins lucrativos, tem uma essência e é totalmente voltado para o social-cultural. Tendo uma missão: Missão: Oferecer acesso ao conhecimento cultural por meio da dança, fortalecer o protagonismo juvenil, promover a arte, cultura, lazer e entretenimento, tanto socialmente quanto culturalmente. Visão e valores: Visão: Somos todos iguais perante a Deus e a sociedade. Valores: Fazer diferença na vida do próximo, oferecendo apoio e carinho. É mais do que caridade, é dedicação e um novo estilo de vida. É olhar por quem precisa e trabalhar para gerar esperança, criar oportunidade e valor social. Não formamos simplesmente alunos ou pessoas de bem, formamos cidadãos, formamos agentes multiplicadores formadores de opinião. Não temos limite de idade, não discriminamos ninguém, para fazer parte do nosso grupo basta querer aprender e querer ajudar o próximo.

15 anos ? Com Voluntario em projeto social, trabalhando com jovens e adolescentes. ? Coordenador de projetos. ? Coordenador de oficina. ? Gestão e elaboração de projetos. ? Produção de Eventos. ? Educador social. ? Diretor de Comunicação. ? Professor de dança. ? Vendedor de Modas Masculinas. Referências de trabalhos Prestados Flávia ou Marina. Cargo Educador Social, Coordenador e Professor de oficina (Dança) Empresa PROGRAMA FICA VIVO (Secretaria do Estado de Defesa Social) Período agosto de 25/ Maio/2005 a 20/ Abril/2009 Telefone (031) 34832366 Referências de trabalhos Prestados Liliana ou Francis ou Fred Cargo Diretor Conselheiro Fiscal. Coordenador de projetos. Coordenação e produção em eventos. Professor de dança. Empresa GRUPO CULTURAL NUC Telefone (031) 34682245

Telefones

Celular: (31) 9938-52291 Residencial: (31) 3466-9238

Emails

manifestoforrozeiro@gmail.com

projetobartcoxa@yahoo.com.br

marciogf.cufa@gmail.com